31/01/2016

Marginal #4

Yo, meus teddys!

Gente, eu não sei quando vou terminar aquele post das traduções, mas falta MUITO pouquinho pra acabar de escreve-lo, muito pouquinho mesmo! É mais por que preciso passar as letras em Romaji para alguma página do blogger+a letra traduzida, que é o sistema usado por mim, tipo...desde de SEMPRE!!!! Era para eu ter terminado esse post nas férias, mas eu vim começar a botar no blogger muito tarde e agora estou eu aqui....

A minha primeira semana de aula foi das coisas mais calmas possíveis, e admito que é a primeira vez que matemática tá de boas em TODA a minha vida desde o terceiro ano. Meus novos professores até me agradaram, e a nova professora de matemática até que não é o monstro de sete cabeças que eu estava pensando que era (agora bora ver na hora da prova se vai ser assim ainda, né?).

Hoje eu vim FINALMENTE falar sobre Marginal #4 pra vocês, vou tentar explicar cada uma das bandas, falar desses siricuticos tudinho e ainda, como sempre e não poderia deixar de ser, eu vou esfolar a Rejet NOVAMENTE por conta de uma coisa que eu vi essa semana no site do Marginal #4, sim? Se preparem pra um post com MUITA purpurinância gay e muitas nuances cor de rosa, porque TODOS OS ARMÁRIOS vão se abrir agora! Não se engane com esses bishies...eles tem gostos exóticos que não podem nos mostrar, e VOCÊS SABEM do que eu tô falando...

Bem, ferinhas, vamos lá!!!

Eu não posso começar a falar do jogo sem antes falar da BANDA Marginal #4, que foi o início das tretas arco-íris. Marginal #4 começou mais ou menos como os vocaloids: um grupo de boys com vozes magavilhindas foram chamados pela dona Rejet e pela dona Otomate pra brincar de cantores de uma boyband CGzada online, onde os boys eram bishonens ao extremo (considerando que uns aparentam realmente serem gays) e seus discos seriam vendidos, e depois as duas empresas iam ver no que ia dar (Resumidamente seria isso). Bem, essa brincadeira rendeu 6 FUCKING DISCOS, então a Rejet percebeu o potencial da boyband de CG e fez um jogo deles adicionando outra banda rival, que seria a Lagrange Point, e assim nasceu Marginal #4: Idol of Supernova,tendo este sido lançado em Novembro de 2014 EXCLUSIVO de PSVita.



Aparentemente, o jogo não teve Marketing o suficiente, pois não teve sequência (e olha que o final do game merecia sequência sim) e MUITO MENOS anime. Porque citar os animes? Porque TODO O GAME DA REJET QUE FAZ SUCESSO ELES ENFIAM UM ANIME NA CABEÇA DAS FÃS, mesmo que a qualidade seja porca, e Marginal #4 não teve isso, tendo a banda prosseguido apenas com os CD's vendidos online e por fora também; Idem pro Lagrange Point. Algum tempo depois, Rejet ressurge com Marginal #4 apresentando OUTRA banda chamada Unicorn Jr. com seu primeiro álbum, Pandora's Box, mas mesmo assim continuou chovendo mais dinheiro na horta do Marginal #4, TANTO É que a música usada como OP do jogo é do disco do Marginal #4 que é um dos meus favoritos chamado RedHot Saga, que é um disco gordelícia mais puxado pro rock com a última música sendo a rainha das dores de cotovelo a meia noite, My First Love. A música completa é essa aqui:



Eu tenho quase todos os álbuns completos do Marginal #4, faltando-me apenas as 3 últimas músicas do UFO. Sim, Lives é quase uma tiete do Marginal, só que a tiete inteligente, que ao invés de gastar dinheiro com esse tipo de coisa alá fã maluquete, espera um tempinho e downloda a música que sai mais barato.

O jogo funciona como todo bom Visual Novel, com perguntas e respostas que alterarão seu final, sendo este bom ou ruim. No início somos apresentadas a mais nova integrante do grupo de Heroines sem a menor diferença, Yue Kataoka. Ela, após muitos anos buscando isso, conseguiu entrar em uma agência de artistas, e um tempinho depois, ela tem que decidir entre uma banda veterana (Lagrange Point) e uma banda completamente nova de quatro adolescentes que não foram bem na carreira solo e agora estão juntos (Marginal #4), e é aí que surge a primeira escolha do game. Como no primeiro gameplay que eu fiz eu escolhi o Marginal #4, eu vou começar a explicar pela rota deles:

Após um prólogo de surtinhos do Atom alá Ayato sedento, você vai escolher o seu "crush" do Marginal #4, que são: Atom Kihikara, Rui Aiba juntamente com os gêmeos Nomura L e Nomura R; E como não poderia deixar de ser, Lives vai falar de cada um desses indevidos abaixo, seguindo a ordem de apresentação:


Atom Kihikara (CV: Masuda Toshiki)

Idade: 17 anos 
D. de Nascimento: 7 de Julho 
Tipo Sanguíneo: B 
Altura: 1,77 

Atom é o mais esquentadinho (em muitos os sentidos) e cabeça quente do grupo. Ele é do tipo de personagem que é um B convicto MESMO: que não gosta de estudar, que é um pouco preguiçoso, cabeça quente e decidido demais até, mas na liderança de alguma coisa se vira melhor que os outros tipos sanguíneos por não ligar do que os outros vão pensar (Eu sou tipo B também, mas eu sou um B tipo Sano, sou meio B e meio A, ou seja, uma bagunceira inteligente, ou pelo menos eu tento ser). No início do gameplay, a coisa que essa kreanssa mais vai fazer é te irritar E MUITO! Eu xinguei esse homem até umas horas enquanto jogava, e ele só vai ficar um pouquiiiiinho mais legal da metade pro fim do game, e no fim do game você só falta precisar de uma hemodiálise de tanto sangue que vai escorrer do seu nariz. Eu não vou mentir, mas a coisa que eu mais demorei a me acostumar foi o SEIYUU do Atom. Sei lá, no início eu ainda estava acostumada com o Atom cantor (do Masquerade, principalmente), e ver ele falando foi meio estranho, falar é preciso; Mas eu agradeço que ele e o Rui possuem as duas vozes mais grossas do game, senão o jogo ia ficar MUITO purpurinante. Eu passei a gostar bastante do Atom, chegando a ele só perder pro Ayato, mas os curiosos de plantão vão perguntar: "E porque na tag dos machos ele não estava presente?", pelo simples fato que dizendo que gosto do Ayato, eu já estou dizendo que gosto do Atom, porque os dois são quase a MEMA coisa em questão de personalidade, só troca o tipo sanguíneo que do Ayato é O; Tanto é que aquele clássico "Ore-sama" do Ayato ele usa (Admito que eu achei que alguém ia chegar aí falando "Bitch-chan também); E eu só conheci o Marginal #4 pelo Atom, via essa IMG (www). Conclusão: Atom é uma grachinha, e ponto final (não fiquem assediando aí nos comentários que esse ChouChou vermelho tem dona, ouviram?)


Rui Aiba (CV: Takahashi Naozumi)

Idade: 17 anos
D. de Nascimento: 9 de Março
Tipo Sanguíneo: A
Altura: 1,72

Rui é simplesmente o oposto perfeito do Atom: É frio, gosta de matemática, só se abre com o público no palco e fora deste são outros quinhentos e é um chatinho de primeira que já começa o jogo com a velha treta A vs B; Pessoal de sangue B, eu falo isso por experiência própria, EVITEM tirar treta com povo de sangue A que é só pra vocês passarem por idiotas depois, vão por mim que dá certo (Convivo com um pentelho A desde o ano passado que A-D-O-R-A me ver com raiva); Só com o passar do tempo que ele gosta só um tiquinho do Atom, e ainda ajuda ele a estudar (Graças a Deus, nunca tive desses problemas). Rui é apelidado de "Príncipe" por seu comportamento. Minha opinião? Eu não cheguei a concluir o gameplay do Rui, mas é bem ameno chegando a ser sem graça, e eu acabei pedindo spoiler do final pra uma colega minha que tinha zerado, e eu fiquei PASMA com o final do Rui, chegando a me questionar se o final dele não era final ruim, mas não cara, era O FINAL BOM, e eu ainda não consegui acreditar no que vi, mas deixarei na curiosidade de vocês.

Nomura L (CV: KENN)

Idade: 17 anos
D. de Nascimento: 23 de Novembro
Tipo Sanguíneo: A
Altura: 1,73

Nomura L é um personagem bem purpurinas saltitantes mesmo, que você olha por cima já marca como gay, mas minha gente...vocês não sabem com TAMANHA MALICIOSA CRIATURA ESTÃO LIDANDO!!!Eu  compararia ele com o Raito, mas isso é incorreto porque o L é um safado romântico, e Raito é o safado que quando casa, todo dia é dia de....vocês me entenderam. Uma coisa que eu ODEIO do L é a voz lírica dele, que beira a chatice total- a voz lírica dele é MUITO ENJOADA, e uma música que prova isso perfeitamente é CHU CHU LUV SCANDAL, considerando que a voz do KENN fica melhor com músicas em colocação mais baixa, como por exemplo, My First Love. O gameplay dele é bem tranquilo, com muitas cenas românticas e até tem direito a beijo debaixo de chuva (que eu acho romântico sim, quais os problemas?). Se vocês acharam o Nomura verde gay, ele só não seria mais gay porque tem certo level de "safadência", mas o Nomura laranja dá até dó...

Nomura R (CV: Yuto Suzuki)

Idade: 17 anos
D. de Nascimento: 23 de Novembro
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,75

Nomura Laranja é o que mais sofre dos nossos colegas por não ter nenhum atributo que o salve de ser julgado gay; O povo ACABA com o pobre do R dizendo coisas absurdas, tipo que ele costumava brincar na infância de seme e uke com o L, por isso que ele ficou meio "mongo" depois, na adolescência. Cara, tá certo que ele tem muita cara de que curte uns paranauê cor de rosa com glitter, tudo junto e misturado com uma varinha de condão laranja, mas NÃO É BEM ASSIM! R só é um bishie fofinho e carente, nada mais nada menos que isso, portanto não imaginem coisas que não são! Tá, se tem uma comparação que eu concordo foi uma comparação dele com o Shion do No.6, porque em certas CG's as expressões são até semelhantes, e até alguns comportamentos do R também lembram o Shion. O game com ele é INTENSAMENTE ameno, nem dá pra respirar, quando você percebe já está dormindo de tão chato. A voz lírica dele, principalmente nas músicas mais agitadas, e literalmente IMPERCEPTÍVEL! Você quase não nota quando trocam as vozes pra dele, nem mesmo nas Couples você sente quando troca (Mais pra frente eu explico essas couples).

O Enredo Geral do Marginal #4: O game se passa no lançamento dos discos More Million Love Revolution, Love Savior, Masquerade Ai como eu amo esse disco e termina com a copilação Star Cluster, tanto é que o game tenta dar uma pseudo-explicação de como esses álbuns foram criados, mas nem se animem porque não convence muito não; Depois falarei mais dos defeitos do game, que para o espanto de MUITOS, tem bastante coisa a se falar. Eu disse que esse jogo merecia uma continuação porque os discos NÃO PARARAM no Star Cluster, ainda vieram outros, como o próprio RedHot Saga, veio UFO, CHU CHU LUV SCANDAL, Bingo, etc e etc, e acho que esses, mesmo que não muito convincentes, mas mereciam uma explicação, não? Outro fator que me faz pensar numa continuação é a criação do Unicorn Jr, que mesmo não me agradando em NADA, merecia a explicação de cada um de seus personagens da mesma forma.

As musiquinhas mais além do Arco-íris
Uma coisa que eu não queria deixar de falar do Marginal #4 são os discos (independente do jogo em si). Existem uns que são muito bons e outros que são bem mahomenos, e geralmente os bons são mais caros (Sim, o preço dos discos variam entre 1900 ienes, que seriam 38 reais, até 2500 ienes, que seriam 50 reais). Marginal #4 lança 4 discos por ano, no mínimo, lembrando que estes as vezes intercalam entre álbuns musicais e CD's Dramas, mas no ano retrasado por exemplo, não houve nenhum CD Drama. Vou deixar os folders aí em baixo mas sem os folders das couples, sim?











Eu penso ter posto os folders na ordem de lançamento correta, lembrando que eu não pus os CD's Drama. Por falar em folder, eu quase tenho um ATAQUE quando eu vou olhar o site do Marginal #4 essa semana e me deparo com ISSO (www). Puta merda, Rejet! Mal o disco do Yo-Ho esfriou, mal o Prisioner do Lagrange Point foi lançado, VOCÊS JÁ VÃO MANDAR OUTRO DISCO????? MASOQ??? Tão vendo como essas empresas de games são mercenárias ao extremo com tudo e qualquer coisa? E eu achando que era só com DiaLovers que isso rolava, mas NÃÃÃÃO, até com Marginal é assim! Dá até raiva, mas fazer o que. Como toda kreanssa que escutou Marginal #4, eu tenho as minhas músicas favoritas, logicamente! Nem todas elas são purpurinadas porque a grande maioria é da época em que Marginal tinha certas pegadas de rock, então, quem tiver fone pega, e quem tiver curiosidade, toca o play dessas fofuras:

Lembrando: a ordem não favorece nenhum disco;















Perceberam que Lives criou continha no Soundcloud? Pois é, agora as músicas que não tinha VAI TER, MUHAHAHA, O SOUNDCLOUD VAI VIRAR O PLAYER MAIS COR DE ROSA DO MUNDO POR MINHA CAUSA, BUHAHAHAHAHAHH. O pior disco mesmo é o primeiro, porque o resto foi de boas. O melhor disco fica entre o Masquerade e o RedHot Saga, na minha opinião. Agora, expliquemos as couples: as couples são as músicas do Marginal que são cantadas em duplas, que variam de disco pra disco, e que a partir do Love Savior, cada Couple teve direito a folder exclusivo da música (Temos três exemplos nas minhas músicas favoritas aí). Ah, e Lives vai pôr as muzga do DiaLovers todinhas nessa jaguaça, então ME SIGAM pra verem desse tipo de coisa, ok?

Bem, já que falamos dos novatos gays, vamos falar dos VETERANOS gays (kkk, parei). A segunda banda membro do nosso game é a Lagrange Point, que seriam dois veteranos que se "aposentaram" por uns tempos, e agora ficaram a fim de voltar aos palcos. Nossos dois colegas tretantes seriam Shy Makishima e Kira Himuro. Já que essas belezas raras fazem parte do game, nada mais justo que apresentá-los também, concordam? Pois bem, vamos logo:


Shy Makishima (CV: Toshiyuki Toenaga)

Idade: 19 anos
D. de Nascimento: 22 de Outubro
Tipo Sanguíneo: O
Altura: 1,77

Sendo esta kreanssa considerado, da dupla aqui presente, o mais gay dos dois, Shy é o nosso claro personagem tsundere, que juntamente com kreanssas de cabelo vermelho, também são tradição da Rejet independente do game. Ele é daquele tipo de personagem tsundere por conta do orgulho que acaba deixando ele agressivo, mas ele vai amolecendo aos poucos. Eu admito que joguei pouquíssimo o gameplay do Shy, tanto é que tive que pedir spoiler pra não morrer de curiosidade, mas no início ele também faz o tipo irritante do Atom, e por falar nisso, tanto ele quanto o Kira conhecem o Atom de longa data, e o motivo é um mini-spoiler que eu me nego a falar (É ISSO MEMO! Lives pede spoiler, mas não dá por cem contos e uma cocada), mas que não convence muito também. A voz lírica do Shy é boa sim, é até bem agradável, e a sintonia dele com o Kira também é muito boa, mesmo que do Lagrange Point eu só goste do Black Swan Não vão imaginando paranauês gays só por causa do título não, ok?, que eu vou fazer questão de pôr aí em baixo, depois do Kira. E por falar em Kira...

Kira Himuro(CV: Okawa Genki)

Idade: 19 anos
D. de Nascimento: 5 de Maio
Tipo Sanguíneo: B
Altura: 1,79

Kira faz mais o tipo de cara "descolado", sendo o que as pessoas do game chamam de "Big Brother" (NÃO TÔ FALANDO DO REALITY SHOW, OK?). Ele é forte, fisicamente falando, não tem muita enrolação não, o papo dele é reto e grosso, e digamos que ele é tipo EU (em questão de TPS), é um B convicto que mais aparenta ser um A, por ser organizado e inteligente, mas ser muito animado e adorar uma bagunça de vez em quando (Sim, vossa autora é, ou pelo menos tenta ser assim). Velho, a voz dessa kreanssa chega ripía os pelinho do braço, sério, e se o Atom não fosse o Friboi que ele é e eu não me enxergasse tanto no Kira, ele ia virar meu favorito SEM DÚVIDA, fora que a voz lírica dele me agrada muito também, mas como eu disse, eu só gosto do Black Swan infelizmente; Nem o novo me pegou muito de jeito, sabe? É por isso que eu digo que eu gosto mais do Marginal, porque aparentemente, as músicas deles são mais bem trabalhadas, não sei se é porque eles são os primeiros ou porque são a maioria, isso eu teria que perguntar pra Rejet.

Bom, perto do Marginal, o Lagrange Point tem poucos discos. Alguns Folders aqui só pra ilustrar mesmo:






Tem também o disco do Prisioner, mas eu não tenho o folder. A música que eu tanto tava falando do Lagrange é essa aqui:



Bem, digamos que esse disco foi mesmo o melhor, e não estranhem os primeiros segundos de música não, o início é com a música do lago dos cisnes mesmo,kkk.

O Enredo Geral do Lagrange Point: Seria basicamente a mesma coisa que os meninos do Marginal, diferenciando que aqui os discos são Catastrophe, Black Swan e Samurai, terminando com a copilação Lagiuliet, que são bons, a propósito. O final de cada um é R-A-Z-O-Á-V-E-L e não passa disso.

Análise Geral do Game: Marginal #4 é um game bom e apenas isso, tendo bastante capacidade para ser melhor; Digo isso por certos pontos que me irritaram, e o que mais me irritou foi a falta de CG BONITA- "MASOQ LIVES??? Tu tem noção que da falando da REJET, a empresa mais fodedosona na questão de CG e você vem dizer isso?", pra que vocês tenham NOÇÃO do quão feio tá a coisa, e só ficou pior porque um ano antes de Marginal tivemos DiaLovers Dark Bridal, que já tinha "AS" CG's, então digamos que isso foi meio medíocre. Outro ponto que vale reforçar é que nem todos os gameplays são bons de se jogar, e muito menos a história dos personagens é bem contada; E eu não vou mentir, eu fiz esse post mais pra falar das músicas que do game propriamente dito. O game merece um 6,0 bem legal, mas como as músicas do game são boas, eu dou 7,5 só porque sou muito boazinha.

Ah, e antes de terminar, aproveitando minha nova conta no Soundcloud, queria compartilhar a música do Kowaru of Parade, lá do DiaLovers, quem lembra? Pois então, eu já arranjei o folder e a música, e deixarei aí pra que vocês deem umas escutadas de boas e tirem suas próprias conclusões sobre ela ;) PS: Na verdade, eu achei a música bem ruinzinha né, mas fazer o quê; Eu só tô com medo do volume 6 sair ruim (Please Deus, faz isso não!).


Bom pessoal, por hoje foi só. Como os meninos do Unicorn Jr. não tem história e nem as músicas deles me agradam, não falei deles aqui, então, se chegarem a fazer um segundo jogo que eu acho bem difícil de acontecer eu falo deles, ok? Ok, me desejem boa sorte nessa segunda semana de aula, desculpem se eu mandei muito arco-íris em tons de rosa, mas fazer o quê, antes Marginal que Justin Bieber ou One Direction (Desculpa aí quem gosta, mas eu não gosto MESMO).

Thanks Boys and Girls,
Bye,bye!
PS: Quem aí notou a Playlist nova? MUHAHAHAHA, tá vendo? Lives promete e cumpre! Eu vou atualizar ela com os dois discos do Bloody Night que faltam quando eles saírem, não se preocupem!!!!

14 comentários:

  1. Yo, Lives!

    Lembro-me bem de quando me apresentasse Marginal #4; A primeira música deles que eu ouvi era Red Hot Saga, e daí não parei mais de escutar,kkk.

    Não me critique, mas eu sou XOOOOOONAAAAAAADDAAAAAA no Nomura L e seu irmão, laranjinha, mas muito mais no L. Aquela vozinha gemida dele me faz pensar em altos +18; EU SEI que o game é +12, MAS DEIXA EU PENSAR NAS MINHAS TARADÊNCIAS ALADAS E PRONTO, POW! Que que custa? Ninguém pode sonhar com o impossível? E sim, se fosse possível um transação econômica com o L, EU FARIA! SEM MEDO DE SER FELIZ, você sabe como eu sou!

    Bem, é isso! Nem sei que tamanho ficou o comentário :( Deve ter ficado pequeno..xô vê...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BUAAAAA, NÃO CONSIGO DIGITAR COMENTÁRIO GRANDE NEM QUE UMA RAIO ME PARTA!!!!! Sorry, Lives :(

      Até a próxima!!!!!Kiss <3

      Excluir
    2. MAS OLHA SÓ QUEM APARECEU!!!! Há quanto tempo, hein menina? Putz, tu quase não aparece mais.

      Fazer o que, eu deixo você com suas "taradências aladas" quietas, ok?kkkk, pra cada pé cansado tem seu chinelo velho, fazer o que.

      HOOOOMMEEEM, eu não sinto falta de textão não, o que importa é comentar!

      Excluir
  2. Estou ouvindo aqui e estou maravilhado, em um relacionamento serio com Red Hot Saga haha! Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk, fico feliz que tenha gostado, Morgan! RedHot Saga é mesmo um disco muito bom!

      Excluir
  3. Yo, Lives!!!!

    Caramba, a Vie tem mesmo sintonia psicológica comigo! Se ligou que ela sempre comenta quando eu comento? (Ou será o contrário?). Enfim- permita-me dizer que eu NUNCA vi esse jogo na minha vida, é a primeira vez AGORA, então, já tenho uma indicação para as férias!!!!!

    Cara....podem dizer o que quiserem de Marginal #4, mas verdade seja dita, essas músicas são muito VICIANTES!!!!! Putz, quero essa Galaxy Liner e a RedHot Saga pra mim AGORA!kkkk.

    Nusss, que dilicinha esse Atum, hein? (Eu sei que é Atom, mas deixa eu zoar só um pouquinho com o nome dele. E o pior é que ele parece com o Ayato mesmo, hehehe. Bem, como é a primeira vez que estou escutando as músicas desse povo, não posso dizer nada de ninguém né, mas adorei as músicas.

    Me matem, mas eu achei o Rui uma grachinha....como assim o final dele é sem graça? *Pesquisa na Net*........ele deixa de ser cantor pra virar médico, é isso? Eu posso estar confundindo, mas se esse for o caso, me fala.

    Geeente do céu, acho que a Rejet ficou meio que com preguicinha de fazer outro chara, aí eles tiraram CTRLC+CTRLV do L e nasceu o R,kkkkkk. Não achei graça de nenhum dos dois, mas fazer o quê.

    kkkkkkkk, ai meu Deus do céu, eu vi o anúncio e rolei de rir- eu tenho uma roupa parecida com essa do anúncio (só que não tem esses frufruzinhos do lado da calça). Bem, todas as empresas tem de ser mercenárias, senão não tem dinheiro pra sequência nem para outras produções, correto?

    Não curti muito o Lagrange Point não, slá, eu tenho um gosto meio difícil mesmo. "Não tem CG bonita", MAIS O QUÊ?????? Sério mesmo? Putz....agora até desanimou....

    Velho....tô com saudade do Operation X depois dessa! E por falar nela, amei a playlist aí de cima <3

    Bem, é isso!!!!!Bye, até daqui a mais uns posts de novo!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yo, Fabi!

      Mano, é porque vocês duas são irmãs fraternais e a mãe de vocês duas escondeu isso,kkk.

      É o que eu digo, falam que são gays, mas acabam curtindo as músicas,kkk. Vai entender esse povo, né?

      Novamente, é o que eu sempre digo! Peraê, ATUM?kkkkkkkkkkk, essa foi boa,kkkkk.

      Não, isso daí que você viu deve ser a CG do final de cada personagem, com cada um deles fantasiados ou alguma coisa assim.

      Sério? Dava pra tu aproveitar e fazer um cosplay, não? Foi só uma ideia, só lembrando.

      Pra você ver porque o jogo foi meio que uma decepção

      kkk, fico feliz que tenha gostado!

      Kisses no <3

      Excluir
  4. Ah, não sabia que Marginal #4 era no início uma banda tipo Vocaloid e rolou toda essa história até virar jogo! Bom, pelo que vi no primeiro vídeo, a música é boa mesmo e os caras são totalmente purpurinados, mas tipo, mano, pra que enfiar uma menina no meio? PRA QUE ENFIAR UMA MENINA? PRA QUEEEE? Deixa só uns caras lindos se pegando e pronto, qual o problema mano?

    Bom, sim, as músicas são boas mesmo - gostei de todas as que você colocou pelo post - mas eu sinceramente não teria a mínima paciência pro jogo, por conta disso: por que não fazer um yaoi, já que os caras são altamente purpurinados e diwos? Pra que botar uma mina besta que não me representa? #revolts aqui hahahahaha

    Sobre as personagens, o Atom é aparentemente o mais lacrador, mas eu tenho uma bela de uma queda por gêmeos - me julguem - apesar de que estes estariam mais pro estilo twincest - que também gosto, ME JULGUEM MAIS - então no fim vou dizer que meu preferido é o carinha do cabelo azul que esqueci o nome, que aliás tem o tipo sanguíneo A, igual ao meu - me identifiquei. <3 E EU QUERIA IBAGENS DESSES FINAIS LACRADORES! Porque nem vou jogar mesmo, cadê ibagens?

    Eu acho justo que os álbuns sejam este preço até, mas eu também esperaria pra fazer download sem dúvidas hahahaha

    Vou seguir sua conta do soundcloud lá! Apesar de que você trará as novidades também por aqui, certo? E bem, sobre as músicas, gostei principalmente das que tem a pegada mais rock mesmo (apesar de nenhuma delas ser roooock mesmo, tá num meio termo com pop). Acho que a que mais curti foi My First Love (sim, sou guei uahsuauhsahua).

    Agora, sobre a Lagrange Point: quando falou veteranos, pensei que os caras iam ter uns 40 anos, mas não, eles tem 19 ANOS MANO! SE ELES SÃO VETERANOS EU SOU O QUE? Beleza, esse jogo já jogou na cara que eu sou idosa! Ta legal! Tudo bem! Vida que segue! E SIM, esse Kira é nutella no pão heim? Gostei desse loirinho sensual de apenas dezenove aninhos do signo de touro e tipo sanguíneo B e quase 1,80m de altura com uma voz de ostentação que é curto e grosso (hum). E a música Black Swan gostei sim, gostei das vozes dessa dupla sensual.

    E por fim, não tem CG bonita? Qual o propósito desse jogo, sério? Acho que essa empresa - que pelo visto você tem uma relação de amor e ódio com ela, porque ela faz umas coisas boas e umas belas cagadinhas - realmente se preocupa tanto em lucrar que às vezes caga no que é mais importante. Um jogo desse deixando CGs a desejar?

    Bom, essa do DiaLovers não sei se curti ou não, achei apenas normal, e também não tenho muita base para compará-la com outras porque ouvi pouca coisa desse jogo.

    Enfim, boa sorte na segunda semana de aula, boa sorte com a matemática, estude bastante e sim, eu notei a playlist lá em cima! o/

    L'Énigmatique

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso que eu penso, e olha que a mina do Marginal é tão inútil quanto a Yui do DiaLovers, sabe? Se bem que de shipp yaoi eu tiro o Atom do meio e deixo o restante brincando de travecagem,kkk;

      Pra você ver que a gayzisse deles não reflete em QUASE todas as músicas. Ah, mas isso é só você ignorar o game e ligar só para as músicas, que é o que eu faço.

      Sabe porque eu não pus as imagens? SIMPLES, eu peço spoiler, mas dificilmente eu dou spoiler.

      Eu não acho justo não, quem demônios daria 50 contos num disco? Eu que não, tenha certeza disso.

      Veja pelo lado bom, pelo menos umas pegadas rock de leve tem, não é tudo pop.

      kkkkk, é isso que TODO MUNDO pensa, mas nem sempre é assim né? Assim, Lagrange Point é uma banda muito boa que tem poucos discos que são 100% bons como o Marginal #4, que tem uns 3 ou 5 que tem todas as faixas excelentes, mas quem sabe não aparece algum por aí.

      Por isso que eu dou mais atenção as músicas que ao game

      Ah, é normal. Se você der umas ouvidas nas playlists aí, você vai notar a mudança de qualidade do primeiro para o segundo, do terceiro para o quarto, e futuramente talvez, do quinto para o sexto, mas quem sabe o volume 6 é bom, né?

      Kisses no <3

      Excluir
  5. Oi cheguei aqui através das parcerias que tem com outro blog que eu tenho tambem, primeiro adorei o cenário de seu blog, quer dizer tudo muito bonito.

    Segundo não conhecia esse jogo, foi legal conhecer. você faz traduções? será legal dá uma olhada, não acho muita gente que atualmente traduz jogo, so uma pessoa aqui e acolá contando comigo claro.
    foi um prazer visitar seu blog bjs
    Otome Game br e +

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito prazer em conhecê-la, Tai- como ponho apelidos em meus leitores, irei lhe chamar assim, ok?

      Faço traduções de músicas, até porque de Otome Games propriamente ditos é muito cansativo e demorado, teria que dispor de muito tempo livre para isso, e infelizmente não tenho. Kkkk, fico feliz que tenha gostado do blog!

      Kisses no <3

      Excluir
  6. Olá, Lives Lohengrin! Aqui é a Mitsuboru, administradora da Pensão Koi, te convidando a reenviar sua inscrição pois agora estamos com vagas abertas! Eu ficaria imensamente feliz de tê-la conosco por lá~ Claro que a decisão final cabe a você, mas fica o convite! ♥ Obrigada pela atenção e desculpe não poder aceitá-la antes!

    Mitsuboru [ Pensão K O I || koi no ryokan ]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. QUE EXCELENTE NOTÍCIA! LOGICAMENTE QUE IREI ME INSCREVER NOVAMENTE, e creia que é com muito gosto que faço isso! Vai ser um prazer fazer parte da pensão, e pode contar com a minha re-inscrição!!!

      Excluir
  7. Eu sou apaixonada pelo Aru Nomura! (R) Tenho uma queda forte por personagens fofuxos! E ele tem o mesmo hobby favorito que o meu, DESENHAR. NA verdade, Aru é meu marido porque eu obriguei ele a ser... '-' :D
    Eu quero muito jogar MG#4, agora que estou viciando de jogos assim! Só queria muito te bater por ter falado mal deles. Quero te bater porque te adoro. Huehuehuehue
    Adoro spoilers, menos de filmes!
    PS: Sou fã de MG#4 há 1 ano... AQUI É STAR CLUSTEEEEER!

    ResponderExcluir