05/01/2016

[Fics]-No Corredor da Morte+Base de Perfil do AD

Tava morrendo de vontade de usar essa imagem Yo Gentalha!

Eu concluí a primeira One-Shot do ano, GRAZADEUS! Eu tava a tanto tempo sem atualizar a minha conta do Nyah (sim, eu escrevo minhas fics por lá mesmo) que por um ou dois segundos eu achei-ou melhor, podia jurar que tinham apagado a minha conta. Aproveitando essa oportunidade, eu atualizei TUDO, desde o nome até as fotos da capa e da autora. E como prometido, eu vou postar a fic aqui para que vocês leiam, e como sempre, para aqueles que não curtem ler pelo blog mesmo, deixarei o link da fic no Nyah mesmo.

Antes de qualquer coisinha, eu vi um negócio hoje no Facebook que por pouco eu não tenho um ataque: a Netflix vai dublar aquele anime M-A-G-A-V-I-L-H-O-S-O do DiaLovers e vai exibir..... *um minuto de silêncio para Lives respirar após essa travecagem que você leu*. Velho...com tanto anime melhor pra exibir dublado, aí eles pegam DiaLovers velho? Mesmo o final de DwD tendo me irritado bastante, era mais negócio dublar Dance with Devils. E eu vou liberar aquele perfil lindoso do Ayato que eu tava usando lá no AD pra quem quiser usar; a propósito, quem não sabe quem é a minha docete é essa diva aqui (www).



No Corredor da Morte

14 de Abril de 1862 
Palavras finais da detenta 
Bishop, Anne 

Existem pessoas que nascem apenas para serem felizes e seguirem sua vida sem menores dificuldades... Já existem outras que não nascem com essa mesma sorte. Minha infeliz pessoa é a prova disso. Reclamaria de quê a esta altura? Estou prestes a ser morta, então não tenho muito a dizer; Muito menos peço que meu leitor, impiedoso diante de uma figura criminosa, creia que minha infelicidade de longa data influenciou no meu mais hediondo ato. Apesar ainda disto, não tenho o mínimo remorso do que fiz se fiz por justiça. Já que minhas palavras finais não hão de ter muito efeito no que me aguarda, então deixarei guardada nesta nota tudo que me ocorreu: 

Nasci em 1827, numa noite terrivelmente tempestuosa. Minha mãe, Margaret Bishop, era muito doente, mas ainda sim aguentou a doença nos meus primeiros anos. Quando completei meus cinco anos de idade, meus tios maternos de quem até então eu possuía certo apreço, Odette e Manfred Phinstock ofereceram-se para me levar até a cidade para comemorar meu aniversário. Demoramos muito tempo lá, nos distraindo entre refeições, brinquedos e risos. Assim que voltamos a minha casa, não encontramos meus pais; Procuramo-los por todas as partes, até que encontramos minha mãe morta na cama. Caí no completo desespero, mas como tristeza em pessoas que vivem de felicidade chega não é com apenas uma notícia ruim, ainda demos por falta de meu pai. Achamos meu pai no porão. Ele havia sido atingido por uma bala na cabeça... Ou melhor, se atingiu. Meu pai havia se suicidado por não aguentar a perda de minha mãe, ou pelo menos era o que dizia em uma carta de suicídio perto dele. Meus tios, observando meu pranto, se habilitaram prontamente para cuidar de mim no lugar de meus pais- e pela estima que mantinha pelos dois, acabei aceitando. 

Nunca deixei de examinar a tal carta desde que aprendi a ler. Pra mim, de certa forma, havia uma peça na morte de meu pai que não se encaixava de forma alguma. Nos anos seguintes vivi uma vida serena, sem demasiadas complicações ou coisas da qual me queixar, mas aos meus 15 anos tudo mudou. Meus tios se revelaram verdadeiros tiranos que se interessavam apenas em meu dote e nada mais que isso. Forçaram-me a coisas que não queria de forma alguma fazer, mas a pior delas foi obrigar-me a casar com dezessete anos. Não me sentia preparada! Sabia desde cedo o risco que o casamento levava, e não queria que fosse precoce dessa forma, uma vez que meus pais se casaram quando ambos tinham 25 anos. Arranjaram-me casório com um descendente de uma família matriarca que tinha quatro vezes o dinheiro que a minha possuía. Casei-me com ele depressa; Seu nome era Raphael Dodson, e admito que, pela primeira vez em desde a morte de meus pais, fiquei feliz por muito tempo. Dodson era muito gentil, permitiu que criássemos das mais variadas criaturas em casa, e com o tempo, acabei apaixonando-me por ele. 

Novamente, quando minha felicidade estava completa, algo veio e destruiu-a como um redemoinho num mar tempestuoso. Aos 25 anos recebi a notícia de que estava grávida, e meu marido de repente ficou mais áspero comigo, mas nada foi pior até depois do nascimento da criança; Meu marido começou a se entregar ao álcool, aos jogos e a meretrizes da taverna que ele costumava a ir. Resolvi estupidamente deixar tudo isto quieto, até a noite em que ele voltou para casa absurdamente bêbado, e por conta de algo que disse, começou a me agredir. Senti-me terrível- senti-me como um lixo qualquer que é mais fácil jogar na rua do que ficar com ele dentro de casa. Quando se satisfez com as pancadas que me deu, foi embora dormir. Levantei-me, cheia de dor- nem a dor do parto tinha sido tão terrível quanto aquela- e sem querer, fiquei na frente do espelho. Assombrei-me com a criatura que vi a minha frente, mas aí lembrei que não era nenhuma criatura, era apenas o reflexo assombroso da minha submissão, então resolvi dar um basta a tudo isso. 

Coletei o nome das mulheres com as quais meu marido supostamente havia se envolvido, e ardilosamente montei um estratagema para matar cada uma delas- era tão simples que não havia como falhar- nas noites, após o fim do trabalho miserável que elas exerciam, simplesmente pegava uma faca e lhes tirava escalpo enquanto dormiam doce e tranquilamente. Em uma semana acabei por matar todas, mas meus problemas ainda não haviam terminado, pois a taverna ainda existia. Enquanto ocorriam as festividades de páscoa, enfiei-me na taverna e pus fogo em cada canto daquele maldito estabelecimento. No fim, sai e apreciei o fim daquele lugar a risadas- risadas tão pavorosas que qualquer um que olhasse para mim diria que tinha perdido a sanidade mental. Senti-me tão contente que tomei a liberdade de pegar minha filha e ir até a casa de uma amiga- uma mulher a qual sabia que poderia confiar independente do que fizesse ou deixasse de fazer. Ela, naturalmente, não se agradou com o que fiz, e como sabia da surra a qual fui submetida por meu marido vagabundo, se ofereceu para ficar com minha filha para que ele não fizesse nada de errado com ela. Quando isso me bateu a consciência, resolvi deixa-la lá mesmo. 

Depois de minha amiga ter dito que era melhor evitar deixar minha filha por perto para que meu marido não lhe fizesse nenhum mal, perguntei a mim mesma se ele já não teria feito alguma coisa, e meti a ideia na cabeça de dar um fim a vida daquele desgraçado. Empunhando uma pistola, segui até minha casa e ouvi ruídos estranhos vindos do andar de cima. Correndo fui ver o que acontecia e foi uma cena que mesmo nessa nota prefiro não descrever. O que interessa é que meu marido estava me traindo! Uma fúria demoníaca se apossou de mim, e acabei por matar os dois. Antes que desse o tiro em Dodson, ele me falou ainda uma coisa que foi decisiva para que estivesse aqui: Meus tios haviam pedido a ele que matassem meus pais, assim eles poderiam ter o comando sob a fortuna deles. Foi essa mesma fúria que me levou a causar a morte memorável de minha lista de assassinatos. 

Convidei meus tios para um jantar em minha casa, e falei de pré-aviso a minha amiga que agora deveria cuidar de minha filha, pois certamente eu não iria mais voltar. Quando fui preparar o jantar, fui bem específica a colocar o sonífero mais forte que encontrei em todas as comidas que ofereci aos dois. Quando os dois chegaram, comeram a vontade, e rapidamente caíram no sono. Era a hora de agir! Subi na casa com duas cordas e os dois sonolentos. Passei a corda no pescoço de cada um e lá de cima os joguei. Algum vizinho deve ter visto meu ato de enforcamento e chamou a polícia e aqui estou. 

Desde já afirmo que nada do que fiz me envergonha. Muito pelo contrário, me orgulho de mim mesma, pois a infelicidade que passei em vida me fez ressurgir das cinzas e me vingar de forma majestosa. Temo que a única e infeliz vítima de minha vingança seja minha filha, e a ela desejo a melhor vida possível. 

                                                                                                                           Anne Bishop

Leitura no Nyah: (www)

Alguns Comentários da História: Essa é a primeira fic que escrevi que deixei como +16. Muitas de vocês não devem ter visto muita coisa na história pra que eu a deixasse como +16, mas vocês têm que ver que, por certos princípios de pessoas que possivelmente vão ler histórias com assassinatos e essas coisas com álcool, mesmo que o foco não seja esse, poderão ficar com esse tipo de coisa na cabeça (Pois é, nunca sabemos a mentalidade das pessoas) e depois quem fica como responsável? EEEEU!.


Base de Perfil-Ayato Sakamaki

[IMG]http://1.bp.blogspot.com/-O7KfOb_GycQ/VkuN1tr7KwI/AAAAAAAAFNA/T1Zkk7s_438/s1600/Warning.png[/IMG][IMG]http://2.bp.blogspot.com/-0A73HFIkHzc/Vow1SIeNGtI/AAAAAAAAGIg/cR6GzaeMVEI/s1600/Warning%2Bgif%2B1.png[/IMG][IMG]http://2.bp.blogspot.com/-sZB0nDLBK74/VktQzCTdOcI/AAAAAAAAFMw/MP5o0XJOYyc/s1600/Wlcome.png[/IMG][IMG]http://1.bp.blogspot.com/-THHEHeBeYB8/VkuN2rWJz6I/AAAAAAAAFNI/EKQFnhlvCE8/s1600/About%2BMe.png[/IMG] [center][i][color=#ff1852]Fale sobre você... [spoiler=Retrato Chinês]Faça seu retrato chinês aqui[/color][/i][/center][/spoiler][IMG]http://1.bp.blogspot.com/-ejKro4gsFrw/VkuN3qXwNHI/AAAAAAAAFNQ/EMjMCxvqY7U/s1600/Music.png[/IMG][youtube]https://www.youtube.com/watch?v=p_dq1Yyaiu0[/youtube][IMG]http://4.bp.blogspot.com/-E3sPwUlG7Os/VkuN4W3nAbI/AAAAAAAAFNY/2MBXNwJIcXQ/s1600/Gift.png[/IMG]Ponha a imagem do seu gift aqui[center][spoiler=URL]Ponha o URL[/spoiler][/center][IMG]http://2.bp.blogspot.com/-iKKmdAuGMuo/VkuN5ZTDMsI/AAAAAAAAFNg/ix3xSRwAuHA/s1600/More%2BThings.png[/IMG] [center][i][spoiler=Links]Seus Links[/spoiler][spoiler=Assinaturas]Suas Assinaturas[/spoiler][spoiler=Selos]Seus Selos[/spoiler][/i][/center][IMG]http://3.bp.blogspot.com/-V5H5oKa9l4Y/VktQwTz1C_I/AAAAAAAAFMo/3kNjk-BTUKA/s1600/anigif.gif[/IMG]

Os Dois PV's Rejetianos de que eu não falei ainda
Como eu sei que a grande maioria de vocês não pesquisam dessas coisas de PV's e tals, quando chega um eu compartilho só um pouquinho com vocês (bom, pelo menos a partir de agora eu vou fazer isso). Vamos ao primeiro PV que surgiu: Já saiu a data de lançamento do 4º volume dos CD's Bloody Night, que vai ser Reiji vs Kanato. O PV é esse:


Enquanto não estou com a possibilidade de soltar a tradução do Bloody Night, eu vou contar uma coisinha que eu tô notando aqui pra vocês: O primeiro volume que saiu (Ayato vs Subaru) foi muito bom, gostei muito desse disco mesmo; O segundo (Ruki vs Azusa) foi MUITO mais ou menos; O terceiro (Carla vs Shin) foi muito bom também, do naipe do primeiro volume; E agora, temos o quarto que pro meu gosto tá meio fraquinho também. Mas o que é que tá acontecendo afinal? Eles tão com preguiça de planejar o ritmo direito é? E não me venham dizer que eu tô usando os personagens como critério de avaliação, que vocês sabem que nesse tipo de coisa eu sou completamente imparcial. Bem, só posso aguardar o disco inteiro pra dar a palavra final (LEMBRANDO que esse vídeo é uma AMOSTRA da música de verdade)

E finalmente saiu o PV do game do Dance with Devils!!! Eu vou deixar ele aqui pra dar uma comentada:


Velho...sabe que eu fiquei até com raiva? Vocês VIRAM como o Rem apareceu em destaque? Isso é PRA MORRER DE CHORAR! Para aqueles que não sabem, desde o golpe de friendzone que eu vi meu Lindo ruivinho gordelícia 2 levando POR CAUSA DESSA BARBIE ele conseguiu o que NENHUM personagem masculino de anime/game conseguiu: MEU ÓDIO SUPREMO!!!!!! Bom, pelo menos se for pra eu jogar vou mandar a Barbie Devil pra PQP que não faz falta.

Compartilhados os dois vídeos, eu vou ficando por aqui!

Thanks Boys and Girls,
Bye,bye!

8 comentários:

  1. Acho o Raito sexy até em chibi <3
    Eu publico do Spirit porque lá não tem como selecionar, tenho muito medão de pegarem minhas fics, sério... E pelo menos no Spirit sei que, se pegarem, não vai ser igual e sim semelhante, menos mal...
    COMASSIM VÃO DUBLAR DIALOVERS? NOOOOOOOOOOOO!!
    Não cara... O anime já ruim, não imagino ele dublado cara... Vai parecer muito puteiro isso... Sério, imagina o Kanato falando "não é, Teddy?" e o Raito falando "Senhorita Vadia", não cara... Não... NÃO... Nada contra a dublagem, mas eles dublam tudo, tudo mesmo, irrita muito. Cara, se eles falam alguma coisa em inglês e não em japa, quando for traduzir a lógica é traduzir o japa e deixar um inglês intacto, já que o objetivo é falar em inglês mesmo. MAS NÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃÃO, TEM QUE TRADUZIR PORQUE SIM! Porra... Sério isso? Isso é tão errado... Imagino a trouxice a Yui BR... Mds... Protejam meu Raito do mal de ser dublado por um BR com sotaque carioca e com voz tosca TT-TT
    Não, isso foi desnecessário... Há muitos animes bons na indústria que não são dublados, aí vem um nego e diz "Vamos dublar Dialovers", tanto anime pra chegar ao público BR não-manjador-de-animes E VÃO DUBLAR UM PUTEIRO DAQUELES?
    Sua docete tem um cabelã1 espanta rekalki shuahus
    Essa fanfic é boa, trevosa, porém boa. Mas assim... Não fez sentido, tive que visitar o Nyah pra ver o gênero da fanfic e confirmar o que vou dizer agora: Está muito mais pra Violência e Serial Killer do que drama e tragédia, em nenhum momento senti como se estivesse lendo um drama. Sua escrita é foda, diwa e 10/10, mas o enredo em si não fez muito sentido, as ações dos personagens não fizeram sentido em parte. Exemplo: "Meus tios haviam pedido a ele que matassem meus pais, assim eles poderiam ter o comando sob a fortuna deles." Porque ele falaria isso? Aliás, de onde diabos a Anne tirou essa arma?
    Enfim... Talvez eu esteja levando minha crítica a sério demais, pois é uma carta e como uma carta, é simples e breve, porém não poderia deixar de ressaltar isso.
    Desculpe, no Spirit eu sou uma verdadeira chata e comento tudo o que ocorreu de errado na fic, eu seria injusta se pegasse leve com você, malz...
    Enfim... Gostei da fanfic, foram só esses pontos que achei importante comentar sobre eles e tals.
    EU AMO ESSE DUBLADOR GOSTOSO DO KANATO <3 Piro muito lindamente na voz do Kanato, que delícia mano, nas músicas fica ainda melhor, shota gostoso da porra, embora meu shota favorito seja o lindo do Azuza. O Kanato é diwo no cabelo e naquelas olheiras deliciosas e o Azusa naquelas cicatrizes lindjas, na personalidade e nas roupas -o cara tem um estilo mano, eu me vestiria daquele jeito se eu tivesse dinheiro-, infelizmente também estragaram o Azusa no anime -sim, fui obrigada a ver-, menos naquela parte que ele deu uns "pega" na Yui, prendeu ela contra a parede lá e tals -aquela cena só não foi melhor do que a Yui e o macho do Raito na igrejinha marota fazendo uns +18, que teve que estragar no anime -resumão: Tudo se estraga naquele anime-, nem vou ver a terceira temporada e espero que não me obriguem mais, não quero ver o quanto vão estragar meu Carla tesão. Ah! Deixo aqui meu "obs": Aquela voz do Azusa e o jeitinho pausado que ele fala me enlouquece muito -q
    Mas é uma pena que geral acha o Azusa sem sal, só é bom que sobre mais daquele gostoso masoquista pra mim -quem sabe eu não faça um layout do Azusa?- <3
    Mas foco nas músicas: Acho que a Reject tá colocando tudo intercalado porque se ficar só música mais ou menos ninguém vai gostar e se colocar só música foda, vai criar expectativas, acho que ela tá fazendo certo nesse ponto.
    PUTA MERDA! Essa arte do anime cagou muito... E esse foco no Ren aí, hein? E ainda por cima o Lindo é mais lindo que o Ren -piada ruim detect, embora pronuncie "Rindo" como em "Raito"-
    Vou ficando por aqui, espero não ter ofendido.

    Diário de uma Otome

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério que tu também publica fic? *o*, se não for pedir demais, dava pra passar o link pra que eu leia??? Não procurando avaliar nada, só quero lê-las mesmo!

      Velho, só digo um negócio-eu ainda vou fazer um sacrifício enorme de ver se eu pego o primeiro episódio dublado pra ver como é que sai; Se ficou uma merda eu falo, senão fico caladinha no meu canto.

      Sabe que, na verdade, das coisas que eu mais amo estão "Ler críticas"? Adoro quando me criticam- de forma construtiva, logicamente-, e não se acanhe! Se realmente viu alguma coisa errada na fic, pode falar! Não me incomodo com isso! (Claro, só não abusa da boa vontade, sim?)

      Assim- pra mim puteiro de verdade vai ser quando os "doentes mentais" virem DiaLovers na Netflix e ficar de zoação; É nesses momentos em que eu agradeço que ninguém sabe que eu gosto de DiaLovers- fora meus pais e uma única colega minha.

      É, não tinha pensado por esse lado; Talvez você tenha razão- só posso dizer com certeza quando sairem todos os discos.

      PIADA RUIM NADA! É A MAIS PURA VERDADE,KKK (Hina pode defender esse boy o quanto quiser, mas eu odeio essa Barbie Devil,kkk)

      Excluir
  2. Yoo Lives!

    Não,não,não. Deus, não adianta o senhor me convencer que eu li essa criatura dizer que vão dublar aquela bosta daquele anime do DiaLovers, não,não. Não adianta o senhor me convencer que eu li isso *cai na real* MASOQ? Afe, aí a NetFlix vai ter preju mesmo hein. Eu tenho NetFlix aqui em casa, e tenha certeza que eu não vou me prestar a ver esse anime DE NOVO se ele realmente for dublado (também fiquei sabendo desse boato).

    Cara, eu gostei da fic, na moral, mas é como a Hari disse, tem só uns pequenos buracos na história né, mas no geral gostei. Espero mais fics, viu?

    Velho, esse trem do Dance with Devils tava bom até me cair a ficha que o game ia ficar com a arte do anime...que bosta véi...poxa...podia ter colocado só uma CGzinha de nada né...cacete...a crise tá afetando até o Japão...

    Jaa!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yo Vie-adolescente desaparecida!

      Meus pêsames por ter que ver a Netflix exibir uma cagada daquelas.

      Pode esperar, pois vai ter mesmo viu ;)

      kkkk, eu ainda ri com o que tu falase,kkk.

      Excluir
  3. YOOOOOO LIVES! \O/

    SÉRIO QUE VÃO DUBLAR DIALOVERS!? SHAUSHAUSHAUSHAUSHAU, me desculpe mas eu só quero ver a zuêra que isso não vai ser! Enfim, como eu não curto muito a forma como o brasil dubla os animes, eu fico até feliz de não dublarem os meus shoujos xodões! Mas, por outro lado eu fico pensando: Com tanto anime shoujo para essas criaturas dublarem logo dialovers!? Tipo, eu não joguei o game, mas dizem que é fabuloso e eu não duvido nem um pouco disso, porém o anime........Não posso dizer o mesmo.

    Sobre a docete.......QUE CABELÃO DIVO É ESSE!? Tinha uma época que eu até jogava amor doce, aliás, eu preferia o loirão viadagem do Nathaniel u.u (eu perdia a paciência com o Castiel). Porém, acabei perdendo a paciência com o jogo, aqueles pontos de ação estavam tirando uma com a minha cara! u.u

    E sobre a fic....Bem, eu não manjo nada de fics, mas a tua escrita É MUITO FODA MANU! Gente, NUNCA que eu escreveria assim na minha vida! Pô, tá muito show! Sobre o enredo eu achei bacana, teve um clima bem tenso e o bacana que na história todo o sofrimento da protagonista não justifica o que ela fez. Tipo, ela matou porque quis matar mesmo, foi pega pela raiva e ciúmes. Mas, como a Hari disse que concordo na hora do drama, eu particularmente senti como se estivesse lendo algo mais "assombroso" do que dramático. Porém, a fic tá muito boa!

    ~indo procurar algum pv ou qualquer coisa com a músiquinha Ayato gostosão X Subaru~

    Enfim, se o PV que eu achei for o certo, eu tenho que admitir que o do Ayato com o Subaru tá MUITO melhor que esse novo! Sei lá, tem um ritmo diferente, sem mencionar a voz do ayato que é muito boa! Mas, como eu pouco manjo de DiaLovers e do Otome game / anime, num posso falar muita coisa!

    E por fim sobre Dance With Devils.......NUM FALA DA MINHA BARBIE SEDUÇÃO OKSS! U.U Eu ainda não vi o anime, mas achei a Barbie sedução muito gostoso tá! E SIM, VOU SHIPPAR ELE COM A PROTAGONISTA U3U...Até porque eu sei que no final são eles que se pegam, portanto eu já tô shippando os dois para evitar um kore partido. Mas, focando no ruivinho delícia 2: Ele num é irmão da protagonista!? '-' (nada contra incesto, pelo contrário sou dessas taradas por uma história incestuosa tretada, mas é que eu NUNCA vi um anime shoujo tacando incesto, então para mim é novidade '-').

    Enfim, vou ficando por aqui! Eu sei que nessa nova temporada teremos outro anime de harém baseado em Otome Game, só espero que dessa vez saia algo bom!

    Kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yo Hina!

      Não, pior, já imaginou uma sala onde todo mundo tem Netflix (menos você), onde ninguém gosta de anime (menos você, outra vez) ai vai ver o anime do DiaLovers e já tacha os animes tudinho como puteiro! Não quero nem ver...

      No meu caso é o contrário, sempre perco a paciência que já me faz falta com o Nathaniel- sei lá, ele só não me irrita mais que a tua Barbie Devil.

      Qualquer coisa, se tu errou o PV, quando eu pôr a Playlist aqui cê confirma se era a certa ou a errada. S

      Barbie sedução uma ova bem redondinha! É Barbie Devil e ponto final-quero nem saber. Ele não é irmão dela não, é primo- spoiler on.

      Teremos, teremos? Sabia não, qual é o anime?

      Excluir
  4. Yooo Lives!

    HUAHUAHUHA meu Nyah ta tipo assim também, entrei no site e nem sabia mais como mexer nas coisas, de tão desatualizado o baguio.
    Whaaat, Netflix passará DiaLovers? E dublado ainda? To com medo disso -q

    Sobre a fic, achei muito bem escrita e gostei do clima todo gótico dela, e achei o enredo bem fechadinho, até com umas reviravoltas e talz (tipo, esses tios dela são bem filhos da puta heim). Mas acho que se não fosse uma carta daria para explorar mais e completar alguns pontos que ficaram meio sem base, como a arma, os soníferos e a corda (não é qualquer pessoa que tem todas essas coisas em casa -q). E tenho que comentar que quando li "permitiu que criássemos das mais variadas criaturas em casa" imaginei altos monstros HAUASAHSUAHS Mas é só uma crítica positiva, realmente gostei muito da fic e da personagem principal. Acho que a maior infelicidade dela na vida foi justamente a vingança e por conta de tudo isso ter de separar da filha.
    Quero ver mais fics por aqui, viu! o/

    Sobre os PVs de Rejet, tenho que dizer que to meio por fora dessas coisas, realmente não pesquiso essas coisas de PVs, mas achei bem legal você trazer por aqui. Como também não assisti/joguei o Dance With Devils e o DiaLovers, to tipo perdida ao quadrado AHUAHUhaushuHUSA mas ok ok, um dia eu compreendo as tretas.

    Beigos! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Yo, Happy!

      Ainda bem que eu ajeitei os meus baguios, senão, com a sorte que eu tenho, vai que eles cancelam minha conta mesmo? Puff.

      Pode contar que vai ver mais fics aqui, pode ter certeza disso!!!!

      Assim, os jogos, de certa forma, realmente não é qualquer pessoa que joga por conta dos paranauês com os emuladores (que são um saco de batatas e sal). Do DwD eu não posso dizer muito, mas já fiz três posts sobre os primeiros games do DiaLovers:

      1º:http://docetesrevolts.blogspot.com.br/2015/08/diabolik-lovers-parte-1.html

      2º:http://docetesrevolts.blogspot.com.br/2015/08/diabolik-lovers-parte-2.html

      3º: http://docetesrevolts.blogspot.com.br/2015/12/diabolik-lovers-parte-3.html

      Não vai dar pra explicar todas as tretas, mas já é um bom início! Se você se interessar, vai dar uma olhada depois!

      Excluir