01/06/2015

Dia dos Não-Morridos


Yo, pessoal!
Apareci de novo hoje para dar algumas opiniões sobre um dos dias pelo qual eu não fico nem um pouco animadas pra ver, que é o Dia dos Namorados, que eu chamo carinhosamente de Dia dos Não-Morridos, porque sendo sincera, o tanto de estresse que eu já passei por causa desse bendito Dia dos Não-Morridos é OSSO.

Eu não vou poder explicar inicialmente o porquê do meu stress, mas quem me lê desde o início do ano, quando eu ainda postava sobre Amor Doce lembra a raiva que eu tive quando eu tinha juntado montes de dinheiro pra gastar no evento de Dia dos Namorados, quando eu fui ver, o evento era em Junho, e agora nesse mês do evento, eu estou dura de dinheiro, durinha mesmo, sem nenhum tostão furado ou crédito furado no caso pra gastar, e o evento é tão bom e a vida tão injusta.

E outra, o Dia dos Namorados pra mim passou a ter um ponto de vista diferente desde que eu fiquei mais velha. Quando eu era criança, eu achava que Dia dos Namorados era tipo “Visita a Fantástica Fábrica de Chocolates do Willy Wonka”, mas nem mingué, tô mais velha e nada. Não que eu esteja doida pra começar esse lance de namoro, até porque eu como a Otaku digna que sou, já tenho os meus “amiguinhos” nos animes, e, aliás, eu acho muito melhor sofrer por saber que os caras lindosos dos animes não existem do que sofrer por amor de verdade. E admitam, podem existir mil e duzentos cosplays idênticos, mas jamais os caras dos animes vão existir. É triste, mas é um dos milhares fatos da vida.
A coisa boa que eu realmente vejo no Dia dos Namorados é que cai direitinho no Inverno, que é a minha estação favorita do ano, sem ter nada que negar. Pra mim, a melhor estação é sem dúvida o inverno, tanto o com chuva como só o inverno de dias frios, pra mim tanto faz, o inverno é simplesmente perfeito!

E mais uma coisa, teve coisa que aconteceu nos dias dos namorados das últimas décadas nem um pouquinho românticos, que fazem você ter uma ideia completamente diferente do Dia dos Namorados românticos e cheios de frufrus. Lembram-se daquele episódio do “Todo Mundo Odeia o Chris” que se passa no Dia dos Namorados que ele fala de um massacre que o fazia esquecer o lado bom do Dia dos Namorados? Então, eu pesquisei sobre o massacre e irei mostrar a vocês o quão bom o Dia dos Namorados é:
“Na manhã de 14 de fevereiro de 1929, Dia dos Namorados (Dia de São Valentim), os corpos de seis membros da quadrilha de "Bugs" Moran e mais Reinhardt H. Schwimmer foram encontrados caídos ao lado de um muro da garagem da SMC Cartage Company (Rua North Clark, 2122) no Lincoln Park, Chicago, no Lado Norte da cidade. Eles tinham sido assassinados com vários tiros, provavelmente por criminosos comandados por Al Capone, tanto locais como provavelmente por pistoleiros de fora da cidade. Dois homens que estavam com uniforme de policiais de Chicago foram vistos na garagem na hora do crime, conforme testemunhas. Uma das vítimas encontradas agonizante, Frank Gusenberg, quando perguntado sobre quem o havia baleado, respondera: "I'm not gonna talk - nobody shot me" ("Eu não vou falar - ninguém me baleou"). Foram contado 14 ferimentos de bala em seu corpo. Capone tinha saído de férias para a Flórida. A hipótese mais aceite é a de que o massacre foi o resultado do plano da quadrilha de Capone para eliminar Bugs Moran, que se tornara o chefão da Quadrilha do Lado Norte após substituir Dion O'Banion, assassinado cinco anos antes. Jack McGurn foi o principal suspeito de ter chefiado o crime. O massacre teria sido planeado por Capone por várias razões: como retaliação por uma tentativa mal-sucedida de Frank Gusenberg e seu irmão Peter de matarem Jack McGurn no começo do ano, a cumplicidade do Lado Norte no assassinato de Pasqualino "Patsy" Lolordo e Antonio "The Scourge" Lombardo, e a concorrência de Bugs Moran no contrabando de bebida nos subúrbios da cidade. Foi aceite que os homens do Lado Norte foram à garagem com a promessa da divisão das cargas de uísque de Detroit fornecidas pela Purple Gang. Contudo, mais recentemente foram aventadas outras hipóteses: Observou-se que todas as sete vítimas (exceto o mecânico John May) estavam vestidas com suas melhores roupas, o que sugeriu que pretendiam viajar com os caminhões para buscarem as bebidas. O motivo verdadeiro para o crime, nunca foi conhecido. Quatro homens que estavam na entrada do prédio, dois vestidos como policiais, foram quem atiraram em Moran e seus comparsas. Antes da chegada de Moran, Capone usara dois pistoleiros não identificados em salas alugadas no armazém do outro lado da rua, para fazerem a vigilância. Por volta das dez e meia da manhã, quatro homens chegaram ao armazém em dois carros: um Cadillac sedan e um Peerless, ambos com aparência de carros de detetives. Dois homens vestidos de policiais e dois com roupas civis. A gangue de Moran foi ao armazém, mas Moran não teria entrado. Foi dito que Moram se aproximara do local, mas parara ao avistar os carros e saiu dali. Outros diriam que Moran chegara atrasado e por isso não foi morto. Os pistoleiros teriam confundido alguns dos homens da garagem como sendo Moran e outros da quadrilha (principalmente Albert Weinshank, que tinha a mesma altura e lembrava Moran). Foi dado o sinal para que os pistoleiros entrassem no armazém. Os dois falsos policiais, carregando metralhadoras, saíram do Peerless e entraram no prédio por duas portas. Lá dentro eles encontraram os comparsas de Moran, um sexto homem chamado Reinhart Schwimmer, que não era reconhecido como um quadrilheiro, e John May, mecânico de carros que provavelmente prestava serviço aos bandidos. Os assassinos ordenaram que os homens ficassem em linha junto à parede. Aparentemente não houve resistência, pois devem ter acreditado tratar-se da polícia, fazendo uma exibição para saírem bem nos jornais do dia seguinte.”

Eu coloquei na caixa pra não ocupar muito lugar no post. Agora, depois desse Ctrl+C, Ctrl+V da Wikipédia que eu fiz, deu pra entender o quanto o Dia dos Namorados é bacana. Eu tentei procurar outros fatos que pudessem se parecer com esse, mas nem água, não achei nada. Bom pessoal, eu sei que fiz inúmeras implicâncias contra o Dia dos Namorados aqui, mas eu aconselho vocês a curtirem esse dia com uma pessoa que vocês realmente gostem. Muito cuidado com relacionamentos enganosos, onde você acha que é feliz, mas essa felicidade com o tempo se esvai. Boa semana dos Namorados pra vocês, para os encalhados, feliz “Semana da Sofrência” e é isso. Obrigada por lerem

Eu vou deixar o ep do Todo Mundo Odeia o Chris que eu falei pra vocês assistirem e rirem um pouquinho, cherto?

 Thanks Boys and Girls 
Bye,bye

Nenhum comentário:

Postar um comentário